30 de out de 2015

Logística reversa de resíduos de medicamentos vencidos

Imagem: Jogo Gestão de Resíduos 
A Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) instituiu a criação de sistemas de logística reversa para resíduos perigosos e volumosos. Assim, resíduos que eram encaminhados aos aterros sanitários passam a ter destinação diferenciada para a proteção do ambiente e saúde pública. Este é o caso de medicamentos vencidos. 

Antes da Lei 12.305/2010, as empresas que geram resíduos de medicamentos (fabricantes, farmácias, hospitais, veterinárias, ambulatórios etc.) já seguiam leis específicas para o descarte correto desses produtos. O sistema de logística reversa de resíduos de medicamentos veio ampliar a adequação ambiental desse descarte para que toda a população possa participar.  Somos 200 milhões de brasileiros comprando medicamentos e descartando os de prazo vencido no lixo comum. Nas palavras de Suely Ferreira, em seu artigo “A meta que nos faz progredir”, em se tratando de meio ambiente, em um país com mais de 200 milhões de habitantes, um miligrama vira uma tonelada. O objetivo da logística reversa de medicamentos é dar destinação adequada a esses produtos químicos que, de outro modo, podem contaminar solo e água.

O que se espera da logística reversa de medicamentos?


As farmácias destinam seus medicamentos vencidos a tratamento ambiental antes de sua disposição final, geralmente por processo de incineração. O sistema de logística reversa pretende que farmácias possuam coletores para que todos nós possamos depositar resíduos de medicamentos que temos em casa, com procedimentos capazes de evitar a reutilização, falsificação e adulteração dos medicamentos descartados em qualquer etapa do processo.

Em outubro de 2013, o Ministério do Meio Ambiente lançou edital sobre o assunto e recebeu propostas de acordo setorial, que permanecem em negociação. Enquanto isso, algumas farmácias disponibilizam coletores para receber nossos resíduos de medicamentos. Em Petrópolis, a Farmácia de Manipulação Brasil, na Galeria Cristal já colocou um coletor, em parceria com empresa que faz o tratamento e disposição final.  

Além da estrutura necessária, ações de educação ambiental precisam ser estimuladas para garantir o sucesso do sistema de logística reversa. Na Tresi Ambiental usamos o jogo virtual Gestão de Resíduos para contribuir com as campanhas de comunicação. Destinando corretamente, uma tonelada de lixo pode se transformar em um miligrama.

Para conhecer o jogo Gestão de Resíduos: clique aqui.




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário